Cuidado … Não destrua um diamante

Posted by:

Em todos os sistemas, seja na família, nas organizações, nas escolas, há uma tendência quase necessária de se criar “o melhor”: o melhor filho, o melhor empregado, o melhor aluno, enfim, alguém que se destaca em alguma coisa. Até este momento, tudo bem, mas, os comportamentos externos que se formam ao redor destas pessoas, muitas vezes atuam de forma nociva, ao invés de incentivar pessoas felizes e completas, criam seres humanos tristes e vazios, aqueles que trocam o Ser pelo Ter, conseguem tudo, exceto, a si mesmos.

Ao redor destes eleitos criam-se campanhas midiáticas, e, de alguma forma o cenário é manipulado para que todos os holofotes estejam concentrados naquele ser ímpar e diferenciado, quase um Deus.  Se alguém, ousar a fazer algum comentário contrário ou mesmo uma crítica construtiva, no momento do auge do prodígio, por certo será suprimido daquela história, mesmo que esteja apenas usando a visão sistêmica com relação ao Ser Humano Total.

Quando “o melhor” recebe o reforço constante do mundo ao seu redor, que ele sozinho move montanhas e que não precisa de mais ninguém para ser feliz, normalmente, fica extremamente egoísta e míope de si mesmo e de tudo que está além dele; sem limites, começa a não corresponder ao cenário traçado, pois, sabe apenas Ter e não sabe Ser. Neste momento, aflora, a revolta e a ira quase irracional daqueles que o colocaram naquela condição de “Joia Solitária”.

Quando o plano para a “Joia Solitária” não dá exatamente o que programaram, começam as cobranças, as críticas e o mais engraçado, pedem lastro, estrutura e equilíbrio para o Ser Humano forjado no Ter. Aqueles que foram abortados do processo de construção desta “joia” assumem um papel de equilíbrio, como dizendo, “ eu avisei” que faltava construir o passo a passo e agora vamos ter que reconstruir o Ser Humano, enquanto, aqueles que o moldaram assim, movidos pelo desapontamento da sua abordagem cega, se desesperam e querem providências drásticas, tornando-se, muitas vezes, o carrasco da sua criação.

Moral da história: “ o melhor” projeto pode virar “o pior”, se for realizado sem alicerce, sem a junção do Ser + Ter, principalmente, quando falamos de Seres Humanos.

Nossa responsabilidade como pais, líderes, gestores, professores é imensa, quando temos um ser diferenciado em nossas mãos, cabe o trabalho de lapidar com muito carinho e consistência, este talento, em estado bruto e transformá-lo em diamante, que possa brilhar sim, mas, sem ofuscar, a pérola, a esmeralda, o topázio, o rubi.

O diamante sozinho, tem uma luz forte e brilhante, mas, não é uma joia inteira, mas, o diamante fixado no ouro e acompanhado das outras pedras preciosas formam uma bela joia, ou seja, um time harmônico; onde um será mais brilhante e os outros terão seu brilho normal.  O diamante saberá da importância do seu papel de destaque e que em alguns momentos brilhará solitário, mas, que em outros, só se transformará em uma joia e não terá sombra, quando tiver outros elementos na composição da sua história.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
0

About the Author:

Administradora de Empresas, especialista em Liderança e Gestão de Pessoas associada a área de Negócios, Master Business and Executive Coach, Professional and Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching, certificadas pelos órgãos internacionais: Global Coaching Community, European Coaching Association, Metaforum International,Behavioral Coaching Institute, International Coaching Council)e International Association of Coaching. Practitioner em Programação Neurolinguísitica pelo Elsever Institute , certificada pelos órgãos internacionais:The Society of Neuro-Linguistic Programming, The Society of Neuro-Linguistic Programming - Richard Blandler. Liderança e Gestão em Recursos Humanos ligado as áreas de negócios, atuando há mais de 20 anos na área de Desenvolvimento Organizacional, e Humano, tendo desenvolvido e liderado projetos e em grandes empresas, entre eles Martins Comércio e Serviços de Distribuição S.A, Grupo Air Liquide, BSE . Forte experiência em todos os subsistemas de Recursos Humanos e sua aplicação para transformação e potencialização de resulttados, através das pessoas. Coach para construção de negócios e reestruturação de Organizações Coach de Executivos, Liderança e Carreira.Consultora para projetos Organizacionais e Pessoas. Diretora de Expansão e Regionais da ABRAPCOACHING - Associação Brasileira dos Profissionais de Coaching. Autora da Coluna de RH do jormal Correio de Uberlânda de 1998-2001, artigos na Revista ProCoaching, entre outros.
  Posts Relacionados
  • No related posts found.